Barro biliar precisa de cirurgia?

Converse sempre com seu médico para que ele avalie o quadro e defina o tratamento adequado.

Em alguns casos, o líquido da vesícula, que é a bile, se concentra de tal forma que cristais se precipitam, levando à formação de um cálculo, conhecido como pedra na vesícula. De acordo com Dr. Fabio Atui, nesta situação, o médico costuma realizar a cirurgia e tirar a vesícula do paciente, para que essas pedras não possam causar problema como colecistite aguda e pancreatite.
No entanto, em certas vezes, o médico faz o ultrassom e não vê pedras, mas sim um espessamento desse líquido, que fica viscoso e grosso, parecendo uma lama – conhecido como barro biliar. “Quando isso acontece, algumas vezes, a gente indica cirurgia, especialmente naqueles pacientes que têm sintomas relacionados à viscosidade da bile. Ou seja, a má drenagem da bile, por conta de sua espessura e viscosidade, faz com que a pessoa tenha, algumas vezes, pólipo. Por isso, a gente indica cirurgia em raros casos, onde tem o barro biliar”, esclarece Dr. Fabio Atui.
Portanto, pode ser que alguns pacientes precisem de cirurgia ao serem diagnosticados com barro biliar. Para Dr. Fabio Atui, o tratamento irá depender do quadro clínico do paciente, de ter uma conversa entre médico e paciente e também de comprovar que existe realmente o barro biliar, que não é algo tão simples assim. Dessa forma, é importante sempre conversar com o seu médico  para que ele avalie a sua situação e sugira o melhor tratamento, tanto no caso de pedra na vesícula, quanto no caso de barro biliar.
Fique de olho,
Saúde!
Dr Fabio Atui - Cirurgia do Aparelho Digestivo e Coloproctologista

Deixe uma resposta