Os cálculos biliares podem diminuir com o tempo?

Colecistite e pancreatite são algumas das doenças que a pedra na vesícula pode causar

Os cálculos biliares são pequenas pedras que se formam na vesícula biliar. No nosso organismo, este órgão é responsável por armazenar a bile, que facilita a digestão de gorduras e ajuda o trânsito intestinal. Em alguns casos, os cálculos biliares podem se fragmentar, seu farelo migrar pelo duto da vesícula e passar sem entupir a drenagem da via biliar e nem a drenagem do pâncreas. No entanto, de acordo com Dr. Fabio Atui, quando isso ocorre, o paciente passou por um grande perigo de ter problemas sérios, como a colecistite aguda e a pancreatite aguda.

A colecistite aguda é caracterizada por dores na região do estômago, nas costelas do lado direito, no abdômen superior e nas costas, além de o paciente ter náuseas e vômitos. Em alguns casos a única forma de tratar a crise é por meio de cirurgia de emergência. Por sua vez, a pancreatite aguda é mais grave e ocorre quando o ducto de drenagem do pâncreas conflui com as vias biliares e existe um orifício comum de drenagem destes dois órgãos. Se o cálculo entupir nesta região, a drenagem da vesícula e do pâncreas fica comprometida, causando o problema.

Às vezes, o ultrassom identifica um cálculo de cinco milímetros, por exemplo, e com o tempo, quando o exame é repetido, a pedra tem três milímetros. “Pode ser que tenha tido um erro na medida do ultrassom, mas pode ser também que esse cálculo tenha se fragmentado e um pedaço dele drenado para o duodeno e saído junto com as fezes. A gente não vai saber”, explica Dr. Fabio Atui.

De qualquer maneira, se há a possibilidade de os cálculos biliares terem migrado pelo duto da vesícula, é mais um motivo de se pensar na realização da cirurgia da retirada da vesícula biliar. “Quando esse cálculo migra, ele pode entupir a drenagem da via biliar, entupir a drenagem do pâncreas e causar problemas que a gente não quer: pancreatite aguda biliar e colecistite aguda”, alerta Dr. Fabio Atui.

Fique de olho,

Saúde!

Dr Fabio Atui - Cirurgia do Aparelho Digestivo e Coloproctologista

Deixe uma resposta