Você sabe o que é pólipo hiperplásico?

O pólipo hiperplásico pode ser explicado da seguinte forma: imagine que temos um gramado, com um tufo de grama alta no meio. Se naquele tufo, a grama for da mesma qualidade do resto do gramado, a grama seria equivalente a um pólipo hiperplásico. Isto é, uma mucosa mais alta, que cria uma lesão, mas é da mesma qualidade, então não vai infiltrar e invadir, portanto, não irá atrapalhar o gramado. Porém, se o tufo for de outra qualidade de grama existe a chance dela infiltrar e invadir aquele gramado, caracterizando o pólipo chamado de adenomatoso.

Portanto, o pólipo hiperplásico não tem importância, não vira câncer, porque é simplesmente uma mucosa igual a todo o resto. Já o pólipo adenomatoso, segundo alguns estudiosos, se ficar um tempo suficiente vai virar um câncer, porque a mucosa diferente pode se degenerar para a doença.

O exame para pólipo hiperplásico pode ser repetido de três a cinco anos de intervalo. Já, para o pólipo adenomatoso vai depender do tipo, tamanho, do grau de diferenciação, da posição, para dizer qual seria a frequência para fazer o exame.

É importante destacar também que o pólipo hiperplásico não dá consequência nenhuma para a família. Entretanto, no caso do pólipo adenomatoso, os parentes de primeiro grau precisariam começar a investigar antes, fazer colonoscopia mais cedo – a partir dos 40 anos ou 10 anos a menos do paciente.

Fique de olho,

Saúde!

Deixe uma resposta