Cirurgia da retirada da vesícula: cuidados

Abafar ou não o corte da cirurgia da retirada da vesícula?

Depois da cirurgia da retirada da vesícula, de acordo com o Dr. Fabio Atui, no começo é muito importante que se cubra o corte, porque existe um tempo em que o corpo vai fechar e impermeabilizar aquele corte para deixar de ser uma porta de entrada para bactérias. “A partir do momento que ocorre a epitelização daquela corte, ainda é uma telinha muito delicada, que não pode sofrer traumas, mas já está impermeável à entrada das bactérias. A partir daí é bom que o corte fique um pouco mais exposto, não fique totalmente fechado e abafado”, explica. Porém, ainda assim, o local está muito delicado e qualquer trauma pode romper essa pele e fazer uma porta de entrada para bactérias.

Portanto, a principal orientação do Dr. Fabio Atui é: depois de uma cirurgia da retirada da vesícula, converse com o seu cirurgião. O cuidado da ferida pode ser diferente, dependendo da forma como a cirurgia foi realizada, da estrutura e também do gosto do profissional. Por isso, “eu gostaria que cada pessoa que operasse tivesse a lembrança de conversar com seu médico antes de ir embora. Isso faz com que a relação entre o médico e seu paciente seja benéfica, positiva”, orienta Dr. Fabio Atui. Pergunte para o seu médico, especialmente, após a cirurgia da retirada da vesícula: a partir de que momento pode deixar aberto? Então, não se esqueça, essa é a pergunta que você tem que fazer.

Fique de olho,

Saúde!

Dr Fabio Atui - Cirurgia do Aparelho Digestivo e Coloproctologista

Deixe uma resposta