O rastreamento do câncer de intestino é necessário?

O rastreamento é feito para identificar o indivíduo que tem a doença, antes de ele vir a ter sintomas, para ter uma eficiência maior no tratamento. O câncer de intestino tem uma característica muito específica, que é uma lesão precursora, ou seja, antes de desenvolver o câncer, há o pólipo. Então, se o rastreamento adequado é realizado, pode-se descobrir o pólipo e retirá-lo, sem grandes problemas, como no caso do câncer, que necessita de anestesia, internação, quimioterapia, radioterapia e transfusão de sangue, em alguns  casos.

O exame de rastreamento é feito nas pessoas que têm sintomas, mas que se encaixam dentro de uma população de risco para a doença. No caso do câncer de intestino, são aquelas com mais de 50 anos de idade ou com mais de 40 anos, com parente de primeiro grau com câncer de intestino.

A partir disso, pode ser evitado o câncer de intestino. E, se o indivíduo estiver com câncer de intestino na forma inicial, a chance de cura é altíssima. Portanto, discuta sempre com seu médico e peça exames de prevenção.

Fique de olho,

Saúde!

Deixe uma resposta