Você sente dor na virilha quando faz força?

Você sente dor na virilha quando faz força? - Dr Fabio Atui

Você nota um inchaço na virilha do seu bebê quando ele chora?
Isto pode ser uma hérnia.

Explicar Hérnia não é muito fácil, para se entender precisamos de um pouco de abstração. Imagine um saco de pano, fechado com gelatina dentro. Se tiver uma parte descosturada do saco a gelatina vai tentar sair pela fraqueza do tecido, isto é hérnia, quando o conteúdo tenta sair do continente. Não importa se é hérnia de disco, inguinal, umbilical ou de cerebelo, hérnia é sempre deste jeito.

A hérnia inguinal (HI), é um exemplo de hérnia da parede abdominal, o abdome tem uma estrutura rígida feita pelos músculos e ligamentos de sua parede e tem também os órgãos abdominais que são moles e que ficam dentro do arcabouço formado pela parede, quando há uma fraqueza na parede abdominal os órgãos tentam sair, conteúdo tentando sair de continente, caracteriza uma hérnia.

O testículo é fabricado dentro do abdome, e quando o bebê nasce ele “desce” para a bolsa escrotal, esta caminho que ele percorre para chegar na bolsa se chama canal inguinal e pode ser um ponto de fraqueza na parede abdominal, quando o conteúdo abdominal (órgãos ou apenas gordura) tenta sair por esta fraqueza ocorre a hérnia inguinal.

Mas que fique claro, “sair” não é aparecer para fora da pele, é abaular a região da virilha, algumas vezes dói quando se faz exercício e outras vezes nem causa dor.
Pensando neste mecanismo podemos entender os tipos de HI, por exemplo, existem crianças que já nascem com hérnia, ou começam a apresentar o abaulamento desde bem pequenas, o bebê chora e vemos “inchado” na região de virilha, um isto ocorre quando o canal inguinal não fechou e sempre precisa ser operado para evitar complicações piores mais tarde na vida da criança.

Mais uma vez, analisando o mecanismo entendemos porque a HI é bem menos frequente em mulheres, elas não tiveram a saída do testículo pelo canal inguinal, mas mesmo assim podem apresentar a hérnia, em situações mais raras.

Muitas vezes a hérnia ocorre em adultos, ou seja o indivíduo nasce e não tem a persistência do canal, mas tem uma fraqueza, no decorrer da vida, conforme faz força, este ponto fraco vai se alargando e o conteúdo abdominal passa a aparecer empurrando a pele, inicialmente quando carrega um peso ou contrai os músculos do abdome, mais adiante, caso não se trate adequadamente pode ficar pra fora e nem voltar, estas hérnias ocorrem na idade adulta e devem ser operadas também, por que existe o risco da hérnia “encarcerar”, que é o nome que damos para os casos em que o conteúdo não volta para o abdome, mesmo com manobras manuais, o que pode levar a falta de sangue nestes tecidos que saíram por estrangulamento, esta situação é grave e precisa de cuidados médicos imediatos.

O tratamento para a hérnia inguinal é sempre cirúrgico, no passado eram realizadas cirurgias reparadoras com grande desconforto e dor pós operatória por que se realizava costura nos músculos e ligamentos da região, nesta época havia um grande número de recidivas, ou seja, retorno da hérnia, afinal se estava costurando tecido enfraquecido e sob tensão.

Atualmente a cirurgia da hérnia é feita com o uso de uma tela, ou seja é costurado um reforço na região inguinal que funciona como aqueles remendos de roupas, esta técnica é chamada “tension free” ou sem tensão e pode ser aplicada por vídeo laparoscopia ou por via convencional, trazendo um melhor pós operatório e uma maior segurança aos pacientes.

Fique de olho!
Saúde!

Dr Fabio Atui Cirurgia do Aparelho Digestivo e Coloproctologia

2 ComentáriosDeixe seu comentário

  • Já operei de hérnia inguinal e 9 meses depois, de hérnia crural…Isso foi em 2004.
    Porém, desde que essas cirurgias foram realizadas, sinto dor na virilha, basta fazer uma pequena caminhada…a dor é intensa e tenho a sensação de que a perna está presa….se insisto na caminhada, num determinado momento, começo a arrastar a perna direita…e depois fico com a virilha inchada…O que pode ser isso? Hérnia de novo? Ou é por causa da cicatriz, uma aderência talvez?

    • Edmilze, isto pode ser aderências da tela ou até a irritação de um pequeno nervo que passa na região e que pode ser envolvido por uma sutura durante o procedimento, difícil dizer sem examinar.
      um exame de imagem pra definir se há recidiva da hérnia pode ajudar também.
      sinto se não ajudei muito, sugiro que discuta com seu médico sobre estas possibilidades.

Deixe uma resposta